Cão Nosso - Pet Sitting Lupa icon open

Tudo sobre Cães

30.10.2019

10 PLANTAS TÓXICAS PARA OS CÃES

Tópicos: Saúde
Cuidado com as plantas que tem em casa! Já pensou que podem ser prejudiciais à saúde dos seus animais?

No geral, não devemos deixar os nossos cães comerem plantas. Quando ingeridas, especialmente em grandes quantidades, é comum ocorrerem alterações gastrointestinais. No entanto, vários estudos já revelaram que existem mais de 700 plantas que são, de facto, potencialmente tóxicas para os animais de estimação. Como no que toca aos nossos patudos mais vale prevenir, aqui deixamos algumas plantas tóxicas para os cães que podem obrigá-los a uma visita urgente ao veterinário.
 

1. Aloé Vera (Babosa) - tóxica para cães 
Embora seja mais conhecida pelos seus inúmeros benefícios, a ingestão da seiva presente nas folhas desta planta resulta em sintomas como vómitos, diarreia, prostração e tremores.

 
 
 
                         
2. Azevinho – tóxico para cães
Mesmo em pequenas doses, esta planta típica da época natalícia pode causar vómitos, diarreia, salivação excessiva e tremores. Isto porque é constituída por cafeína e teobromina, substâncias que também se encontram presentes no chocolate
.

 


 3. Hera – tóxica para cães
Esta planta trepadeira é particularmente tóxica para cães e gatos nas bagas e nas folhas. Pode resultar em dificuldades respiratórias, disfagia (dificuldade em engolir), irritação ocular e prurido intenso.

 
 
 
 
  4. Hibisco – tóxico para cães
  Apesar de ser muito procurado para fazer chá, as suas folhas são potencialmente fatais para os nossos  patudos. Quando ingeridas, resultam em diarreia e vómitos.
 
 
 

  5. Hortênsia – tóxica para cães
  A substância perigosa na hortênsia denomina-se por glicosídeo cianogénico. Mais uma vez os sintomas são gastrointestinais: diarreia, vómitos, perda de apetite e náuseas.
 
 
 
 
  6. Jarro – tóxico para cães
  A intoxicação de gatos ou cães pode acontecer não só pela ingestão, como apenas através do contacto com a pele. Os sintomas são prurido intenso, hipersalivação, disfagia e vómitos.
 
 
 

  7. Lírio - tóxico para cães 
  Embora seja mais tóxico para gatos do que para cães, a ingestão desta planta pelo seu cão pode causar irritação oral, ocular, pele seca, dificuldades respiratórias e até alucinações.
 
 
 
 
  8. Margarida – tóxica para cães
  Algumas subespécies de margaridas, quando ingeridas em grandes quantidades, podem causar alterações gastrointestinais, agitação, espasmos musculares, hipersalivação e convulsões.
 
 
 
 
  9. Tulipa - tóxica para cães
  As toxinas desta planta encontram-se localizadas maioritariamente no bolbo. Causa dificuldades respiratórias, hipersalivação, prostração, diarreia e vómitos.
 
 
 
 
  10. Violeta – tóxica para cães
  Apesar da sua cor tão apelativa, o caule e as sementes da violeta são extremamente tóxicos. Os principais  sintomas a que se deve estar atento são diarreia e vómitos, caso o cão tenha estado perto desta planta.
 
 
 
 
PLANTAS TÓXICAS PARA CÃES: O QUE FAZER EM CASO DE INTOXICAÇÃO?

Quando existe suspeita de intoxicação, é melhor levar de imediato o cão ao veterinário para que lhe possa ser induzido o vómito de forma correcta. Depois disso, será monitorizado nas horas seguintes até já se encontrar fora de perigo.
Para não correr riscos, o melhor é, antes de escolher as plantas para sua casa, informar-se sobre quais as plantas tóxicas para o seu animal de estimação. Para além disso, devemos também prevenir e tentar impedir que comam qualquer planta, não acham?

 

Todas as fotografias foram retiradas do Site do Jardim Botânico da UTAD.