Bulldog Francês

Ficha Técnica

História do bulldog francês

O parisiense com sangue inglês

A origem do Bulldog Francês é alvo de acesa discussão entre franceses e britânicos. Os primeiros defendem que esta raça foi desenvolvida nos bairros populares parisienses a partir de diversos cruzamentos de raças pouco conhecidas, algumas das quais provenientes da Bélgica. Para os segundos, esta raça descende de Bulldogs Ingleses miniatura, pouco apreciados na sua terra natal e enviados para França no século XVIII, onde foram cruzados com cães autóctones.

Numa análise imparcial, a segunda hipótese parece a mais provável, reunindo provas mais contundentes.

Esta raça era usada nos combates contra touros e era muito apreciada pelos carniceiros e cocheiros de Paris. No ano de 1850, quando o rei de Inglaterra, Eduardo VII, adquiriu um exemplar, a raça passou a ser apreciada pela burguesia europeia, tornando-se chic passear...

Temperamento do bulldog francês

Um entertainer para a família

Bem-dispostos, cómicos e afectuosos, os Bulldogs Franceses são capazes de entreter uma família inteira e de provocar gargalhadas tanto aos mais novos como aos mais velhos. São particularmente ligados à família e necessitam de muita atenção, caso contrário poderão tornar-se destrutivos.

Embora sejam bastante teimosos, com paciência e persistência os Bulldogs Franceses poderão ter um excelente comportamento. Bons para as crianças, estes cães adequam-se bastante bem a apartamentos, não necessitando de muito exercício.

Finalmente, e ao contrário do que acontece relativamente à sua família, são, normalmente, desconfiados com estranhos. Contudo, uma socialização desde cachorros garantirá um convívio saudável tanto com outras pessoas, como com outros cães.

Saúde do bulldog francês

Em primeiro lugar, por ter uma saúde frágil, o Bulldog Francês não deve ser exposto a fumos, produtos de limpeza agressivos ou ao calor intenso. O seu nariz achatado impede-o de controlar a sua temperatura interna, pelo que o sol e o exercício excessivo são extremamente perigosos para a sua saúde.

Por outro lado, os problemas oculares e cardíacos são muito comuns e, relativamente a estes últimos, podem ser exponenciados pelo excesso de peso.

Adicionalmente, notamos que o seu parto é bastante complicado, sendo, muitas vezes, necessário recorrer à cesariana.

Por fim, como acontece com qualquer cão que tenha rugas, é importante limpá-las regularmente para evitar alergias e infecções.

Aparência Física do bulldog francês

Silhueta Bulldog Francês

Características do bulldog francês

Curiosidades

Curiosidades

Muito dificilmente verá algum dia um Bulldog Francês a nadar, uma vez que o seu corpo entroncado e a sua cabeça grande dificultam o seu movimento dentro de água.

Outras raças