Mastim Napolitano

Ficha Técnica

História

O imponente guardião de propriedades

O grande ancestral do Mastim Napolitano, tal como acontece com o Cane Corso, é o célebre molosso da Roma Antiga, Cane Pugnax, tão bem descrito pelo escritor romano Columella. Este cão tinha essencialmente duas funções: cão de guarda, destacando-se pelo seu tamanho e pela cor do pêlo que faziam com que assustasse os ladrões durante o dia e passasse despercebido durante a noite; e cão de guerra, tendo acompanhado as legiões romanas nas suas campanhas militares, nomeadamente em território britânico ao serviço de Júlio César.

Muitas raças de mastins que hoje existem na Europa descendem do Molosso Romano, que por sua vez descende dos mastins asiáticos (designadamente do Mastim Tibetano) trazidos para a Europa por Alexandre, o Grande. A própria palavra mastim (em inglês mastiff)...

Temperamento

Um gigante em afecto e teimosia

Excepcional cão de guarda, sendo considerado um dos melhores guardiões de propriedades, o Mastim Napolitano tem um instinto territorial e de protecção da família muito aguçado, fazendo com que seja naturalmente desconfiado com estranhos. O seu tamanho colossal e os seus movimentos lentos escondem a rapidez surpreendente com que age em caso de perigo, só atacando se tiver um motivo.

A ligação que desenvolve com a sua família é muito forte, com quem se mostra sempre afectuoso. Geralmente, é cuidadoso e gentil com as crianças, tentando não as derrubar. Ainda assim, como acontece com qualquer cão, é fundamental que esta interacção seja sempre supervisionada.

O tamanho, a força e o carácter dominante e independente desta raça fazem com que não seja a ideal para pessoas sem experiência no treino...

Saúde

As doenças que mais podem afectar o Mastim Napolitano são a displasia da anca, a miopatia do músculo cardíaco e as infecções de pele.

Relativamente à displasia da anca, também conhecida como displasia coxofemoral, trata-se de um problema no encaixe da articulação do quadril, causando dor e dificuldades na locomoção. Esta doença incide sobretudo nos animais de grande porte, uma vez que o rápido crescimento pode levar à perda de cálcio em alguns ossos. Sendo assim, é muito importante ter um acompanhamento veterinário desde cachorro para ajudar a manter os níveis adequados de cálcio, um mineral essencial para o funcionamento do organismo, particularmente para a estrutura óssea.

Quanto à miopatia do músculo cardíaco, esta pode ser causada por defeitos cardíacos congénitos, mas também por infecções que podem afectar os...

Aparência Física

Silhueta Mastim Napolitano

Características

Curiosidades

Curiosidades

No vasto mundo dos cães, o Mastim Napolitano destaca-se por possuir uma das maiores cabeças.

Outras raças