Bulldog Americano

Ficha Técnica

História

A História de um cão que é a História de um país

O Bulldog Americano descende do antigo Bulldog Inglês, uma raça de trabalho extinta que ficou conhecida no Reino Unido nos séculos XVII, XVIII e XIX pela sua força e determinação, levando-a a ser utilizada para a captura de bois bravos, para a guarda de propriedades e para os sangrentos combates contra touros (Bull-baiting). Quando esta bárbara actividade foi proibida em terras de sua majestade, no ano de 1835, o antigo Bulldog Inglês quase desapareceu, dando lugar a muitas outras raças, designadamente ao Bulldog Inglês (moderno), menos atlético, mais pequeno e mais sociável.

Mas muitos emigrantes ingleses e irlandeses que se estabeleceram nos Estados Unidos da América (EUA), durante os séculos XVIII e XIX, levaram consigo antigos ...

Temperamento

Preparado, venha o que vier

O aguçado instinto territorial, a desconfiança relativamente a estranhos, a tenacidade e o poderio físico do Bulldog Americano fazem dele um excelente cão de guarda. Muito fiel ao dono em particular e à sua família em geral, mostra-se bastante dócil com as crianças. Ainda assim, como é natural, dado o seu tamanho e os seus movimentos desajeitados, esta relação deve ser monitorizada pelos mais velhos. A boa-disposição e o afecto que mostra sempre relativamente a toda a sua família fazem dele um bom cão de companhia.

As suas necessidades físicas são exigentes, uma vez que é uma raça desenvolvida para o trabalho. Assim, caso viva num apartamento, é absolutamente fundamental que os seus donos lhe proporcionem bons passeios diários, onde possa correr livremente, e jogos que promovam a...

Saúde

Sendo uma raça relativamente rústica, o Bulldog Americano tem geralmente poucos problemas de saúde. Ainda assim, existem três perigos a que se deve estar atento.

O primeiro, típico das raças de grande porte, é a displasia coxofemoral (ou displasia da anca), uma doença hereditária que se caracteriza por uma instabilidade na articulação coxofemoral, responsável pela conexão entre a cabeça do fémur, o ligamento e o acetábulo. A displasia do cotovelo também pode ocorrer.

O segundo perigo relaciona-se com problemas de pele, nomeadamente alergias causadas por um sistema imunológico hiperactivo. A Lctiose é precisamente um dos problemas mais comuns, caracterizando-se por uma desordem da pele que é facilmente identificável em crias recém-nascidas. Tal como as displasias, muitos destes problemas dermatológicos são genéticos.

Finalmente, o terceiro perigo, embora menos recorrente, é um...

Aparência Física

Silhueta Bulldog Americano

Características

Curiosidades

Curiosidades

O Bulldog Americano foi desenvolvido principalmente como raça de trabalho, pelo que os aspectos funcionais tiveram uma maior preponderância relativamente aos aspectos estéticos. Não admira, portanto, que existam exemplares com diferentes tamanhos e colorações, levando a que a raça não tenha sido reconhecida, ainda, pela generalidade dos grandes clubes internacionais, nomeadamente pela Fédération Cynologique Internationale (FCI) e pelo American Kennel Club (AKC).

Todavia, alguns clubes importantes já reconheceram o Bulldog Americano, dos quais se destacam o United Kennel Club (UKC), o National Kennel Club (NKC) e o American Bulldog Registry & Archives (ABRA).

Outras raças