Chow Chow

Ficha Técnica

História

Dos canis dos imperadores chineses até à sala de Freud

Tal como acontece com muitas outras raças, a origem do Chow Chow é matéria de debate, existindo diferentes perspectivas. Certo é que esta é uma raça muito antiga, tendo sido representada na olaria e na escultura durante a Dinastia Han, que governou a China entre os anos 206 a.C. e 220 d.C..

Muitos acreditam que esta raça de tipo spitz desenvolveu-se na Sibéria e na Mongólia, razão pela qual tem uma pelagem resistente ao frio, tendo, provavelmente, os mesmos ascendentes que outras raças, designadamente o Samoiedo, o Elkhound, o Keeshond e o Spitz Alemão. A sua presença na Mongólia poderá, para alguns historiadores, ter levado as tropas mongóis a fazerem-se acompanhar desta raça durante a invasão da China, do Médio Oriente e da Europa, no...

Temperamento

Uma personalidade calma e independente

O seu aspecto “fofinho”, principalmente quando são cachorros, levam alguns donos a tratarem-nos como peluches frágeis, mimando-os exageradamente. No entanto, há que ter em atenção que estes cachorros correm o risco de se transformarem em cães possessivos, tanto com o dono como com a comida, e demasiadamente territoriais.

O Chow Chow é um cão inteligente e, ao contrário de muitas outras raças, não sente uma grande necessidade de agradar aos donos, o que significa que o treino de obediência se torna bastante mais complicado. A sua personalidade independente e reservada, que muitos comparam à de um gato, adequa-se muito bem a pessoas que gostam de ter o seu espaço.

Embora seja calmo, ladrando menos do que a maioria das raças, possui um temperamento forte e é bastante teimoso, o...

Saúde

Esta raça não tem uma grande propensão para doenças genéticas, sendo a displasia da anca o problema que, ainda assim, mais provavelmente a poderá afectar.

O período de transição da pelagem de cachorro para a de adulto demora alguns meses, levando a que os donos, nesta altura, tenham que ter cuidados diários com o seu pêlo. Quando atingem a idade adulta, os cuidados reduzem-se mas, mesmo assim, continuam a exigir mais do que a maioria das raças, razão pela qual esta não é a raça ideal para famílias em que haja membros com alergia ao pêlo.

Não sendo uma raça que deva estar no exterior nos períodos mais quentes do dia, adaptando-se melhor a climas frios, o Chow Chow não necessita de muito exercício, embora, claro está, precise sempre de gastar as suas energias ao ar livre.

Aparência Física

Silhueta Chow Chow

Características

Curiosidades

Curiosidades

Segundo uma antiga lenda chinesa, o Chow Chow tem a língua azul porque lambeu algumas gotas que caíram do pincel de Deus quando Este pintava o céu de azul.

Outras raças