Shar Pei

Ficha Técnica

História

Uma história tão antiga quanto atribulada

Originário da China, o Shar Pei, nome que significa “pele de areia”, tem uma história antiga e atribulada. Através de estátuas e de desenhos em cerâmica, calcula-se que os seus antepassados sejam do tempo da Dinastia Han, que liderou o gigante asiático entre 206 a.C. e 220 d.C..

O desenvolvimento do Shar Pei terá ocorrido nas aldeias da província de Guangdong, situada no sul da China, através do cruzamento entre mastins e cães de tipo spitz (raças nórdicas). É um parente muito próximo do Chow Chow, com quem tem várias semelhanças, como a cor azul da língua.

Ao longo dos tempos, esta raça foi utilizada como cão de guarda da família imperial e de propriedades, como cão de pastoreio e como cão de caça grossa. Mais...

Temperamento

O cão felino

Nenhuma raça se assemelha a esta. Os estalões chineses descrevem-na de uma forma poética: “orelhas de concha de amêijoa, nariz de borboleta, cabeça em forma de melão, face de velha, pescoço de búfalo da Índia, nádegas de cavalo e patas de dragão”.

Muito afectuoso e protector para com a sua família, o Shar Pei constitui um bom cão de guarda, uma vez que é, por natureza, desconfiado em relação a estranhos e, ao mesmo tempo, bastante territorial. Estas características, a par da sua teimosia, fazem com que seja fundamental socializá-lo e treiná-lo desde pequeno para que se torne menos reservado e mais cumpridor das regras que lhe são impostas.

A sua personalidade tranquila e bastante independente e o facto de ladrar pouco e de demorar tempo...

Saúde

As doenças de pele hereditárias afectam grande parte dos exemplares desta raça. Muitas vezes, as rugas provocam um mau cheiro devido às infecções, pelo que é fundamental mantê-las limpas e secas.

A melhor maneira de prevenir qualquer tipo de doença hereditária passa por seleccionar muito bem o criador a quem se vai adquirir um exemplar, observando os progenitores da ninhada e procurando detectar potenciais problemas. Esta prática fundamental estende-se a todas as outras raças.

Aparência Física

Silhueta Shar Pei

Características

Curiosidades

Curiosidades

Devido à hostilidade da política da República Popular da China relativamente à posse de cães para companhia, principalmente durante os anos em que Mao Tse-tung este no poder, o Shar Pei esteve muito perto da extinção, chegando, em 1974, a ser considerado pelo Guinness World Records a raça mais rara do mundo.

Outras raças