icon openMenu
Cão Nosso - Pet Sitting

Bulldog Inglês

FICHA TÉCNICA

HISTÓRIA

Dos ringues de combate ao sofá de casa

O aparecimento de uma raça do tipo Bulldog data do século XIII, época em que o bull baiting (luta entre cães e touros) se popularizou na Grã-Bretanha. Esta actividade terá sido motivada pelo Lord de Stamford que, durante um passeio pelo condado de Lincolnshire, assistiu a uma luta entre dois touros pelo acasalamento de uma fêmea. Ora, nesse momento, surgem os cães de um talhante que trabalhava perto daquele local e que atacaram um dos touros, tendo acabado por o abater num espectáculo sanguinário. Ao que parece, o Lord de Stamford entusiasmou-se com aquele acontecimento, organizando novos combates entre estes dois animais em arenas específicas, o que se veio a popularizar e a espalhar por todo o país.

Com o passar dos tempos, esta bárbara actividade começou a ser criticada e acabou por ser proibida, em 1835. Com esta proibição, os cães de tipo Bulldog tiveram perto de se extinguir, mas, graças a Bill George, a raça continuou a ser criada e, nos anos posteriores, os seus criadores esforçaram-se por reduzir a sua agressividade, chegando-se ao meigo e dócil Bulldog Inglês que hoje conhecemos.

Das raças de tipo Bull, esta é a mais antiga e a ascendente de todas as outras.

temperamento

Uma aparência enganadora

Apesar do passado violento e do “ar de poucos amigos” do Bulldog Inglês, o seu desenvolvimento tornou-o paciente, tranquilo e calmo, constituindo um excelente cão de família e que gosta de se divertir com as crianças. Cómicos e preguiçosos, os Bulldogs adoram comer e descansar, o que não os impede de serem corajosos e protectores para com a sua família.

Adequam-se perfeitamente à vida num apartamento mas não são fáceis de treinar, dada a sua teimosia. Têm uma relação independente e pacífica com os outros cães, mostrando agressividade apenas no caso de serem atacados.

O barulho do ressonar e a grande produção de saliva são características típicas desta raça.

saúde

Todos os cães adoram comer mas os Bulldogs especialmente, engordando facilmente. Devem, por isso, ter uma alimentação equilibrada.

As pregas que têm na pele devem ser limpas regularmente para se evitarem possíveis infecções.

Esta raça que, de facto, não prima pela saúde, sendo umas das que mais vezes necessita de ir ao veterinário, tem ainda tendência para desenvolver assaduras e dermatites, assim como problemas relacionados com os joelhos e ancas.

O calor afecta-os especialmente, pelo que é fundamental ter cuidado durante os Verões mais quentes, evitando que façam exercício físico nas horas em que a temperatura é mais elevada.

características

Curiosidades

O Bulldog Inglês é um dos símbolos de Inglaterra e foi adoptado como mascote dos marines (fuzileiros) dos Estados Unidos da América.

partilhar
partilhar