icon openMenu
Cão Nosso - Pet Sitting

Pastor Belga Groenendael

FICHA TÉCNICA

HISTÓRIA

O pastor multifacetado

Foi no final do século XIX que um conjunto de cinófilos belgas estudou os cães de pastoreio do seu país, identificando, inicialmente, três variedades diferentes que, apesar de partilharem uma anatomia semelhante, tinham diferentes tipos de pêlo (comprido, curto e de arame). De entre estes cinófilos destacou-se Adolphe Reul, professor e director da Escola de Veterinária de Cureghem, que liderou um estudo de campo que acabou por identificar as quatro variedades de pastores belgas que hoje conhecemos: Groenendael, Malinois, Tervueren e Laeknois.

Nicholas Rose é considerado o criador da raça de pastor belga Groenendael. Apesar da sua função original ser o pastoreio, esta raça foi sendo, ao longo dos tempos, utilizada como cão de guarda e de salvamento, tendo participado na II Guerra Mundial. Mais recentemente, tem sido utilizada por forças policiais de diferentes países.

Tal como as restantes três raças de pastores belgas, o Groenendael foi criado para resistir às intempéries das diferentes estações do ano, sendo, também por isso, muito apreciado em todo o mundo como cão de trabalho. 

Não existe, até hoje, uma classificação consensual para os pastores belgas. Se, por um lado, alguns clubes caninos, como o American Kennel Club, consideram os cães pastores deste país como raças distintas, outros clubes e a Fédération Cynologique Internationale consideram apenas que existem quatro variedades dentro da mesma raça. Segundo estes últimos, a morfologia e o carácter destes pastores são idênticos, distinguindo-se somente pelas diferentes cores, texturas e tamanhos da pelagem.

temperamento

Um cão de trabalho por excelência

Inteligente e com bastante energia, o Groenendael é um cão que adora a companhia dos donos mas que precisa de se sentir ocupado, sendo usado em muitas partes do mundo como cão de trabalho, nomeadamente como cão pastor e de guarda. Deve ser socializado desde cedo com outros cães e outras pessoas para que apreenda as regras de uma boa socialização, evitando-se que se torne num cão agressivo perante presenças desconhecidas. 

A sua inteligência e capacidade de trabalho fazem com que, por um lado, seja um cão que aprenda com grande facilidade e, por outro, se aborreça no caso de não ser devidamente estimulado. Este não é, de todo, o género de cão de ficar horas a fio sentado ao lado do dono. É fundamental que aqueles que pretendem adquirir um exemplar desta raça tenham consciência de que precisarão de o exercitar bastante física e mentalmente para que tenham um cão equilibrado. 

As capacidades de trabalho do Groenendael, bem como dos pastores belga em geral, levam-nos a ser muito bem sucedidos nas provas de obediência, de pastoreio e nos campeonatos de agility.

saúde

Sendo uma raça rústica, o Groenendael é um cão geralmente saudável. Ainda assim, pode sofrer de displasia da anca (ou coxofemoral), de epilepsia e de atrofia progressiva da retina.

Para que seja um cão equilibrado é fundamental que lhe seja proporcionada actividade física e mental de forma regular.

Finalmente, no que se refere aos cuidados com a pelagem, é importante que seja feita uma escovagem regular, principalmente nas fases de mudança de pêlo, que ocorrem duas vezes por ano.

características

Curiosidades

Devido ao seu belo pêlo comprido e preto, esta é a mais popular raça de entre os quatro pastores belgas. Nos Estados Unidos, o Groenendael é simplesmente conhecido como “Belgian Sheepdog”, designação que lhe é atribuída pelo American Kennel Club. 

Assim, quando alguém se refere ao pastor belga, estará, muito provavelmente, a referir-se ao Groenendael. 

partilhar
partilhar